Castração

Procedimento realizado por veterinários capacitados, fazendo uso das boas práticas de assepsia, em local adequado e equipado com sistemas de segurança.

Tudo para oferecer o máximo de cuidados e manter a saúde e o bem estar do seu amigo animal como prioridade.

Por que castrar?

Previne doenças (como piometra e tumores de mama), reduz agitação, acaba com gestações indesejadas, prolonga a vida do animal e reduz agressividade. Converse com nosso veterinário, conheça o procedimento e saiba como ele traz benefícios para a saúde do seu Pet.

Castração minimamente invasiva

Realizamos procedimento com incisão mínima, um corte realmente pequeno que, em gatas ou cadelas de pequeno porte, dispensa a necessidade de ponto de sutura. Com isso a recuperação se torna mais rápida e com menos incomodo ao animal.

A VittaFort se utiliza de técnicas que reduzem o tempo de recuperação e facilitam ao máximo os cuidados pós-operatórios.

  • Exames na hora
  • Incisão pequena
  • Anestesia inalatória
  • Veterinário capacitado
  • Liberação já no mesmo dia
  • Acompanhamento completo
  • Sala de recuperação acondicionada
 
Todos os procedimentos, desde o preparo do animal até sua liberação, são monitorados por médico veterinário anestesista, conferindo maior segurança para o seu Pet.

Em fêmeas, realizamos a castração através da ovariohisterectomia (OSH): retirada o útero, trompas e ovários.

Benefícios da OSH:
  • Evita acasalamentos indesejáveis, principalmente quando se tem um casal de animais de estimação.
  • Evita o câncer de mama na fase adulta.
  • Evita piometra (grave infecção uterina) em fêmeas adultas.
  • Evita a “gravidez psicológica” e suas consequências como infecção das tetas.
  • Evita cios.
  • Evita o aumento do número de animais de rua.
  • Evita a perpetuação de doenças geneticamente transmissíveis como epilepsia, displasia coxo-femural, catarata juvenil, etc.. (em animais que tiveram o diagnóstico dessas e outras doenças)

Em machos, realizamos a orquiectomia , retirada dos dois testículos.

Benefícios da orquiectomia:

  • Evita fugas.
  • Evita o constrangimento de cães “agarrando” em pernas das visitas.
  • Evita a marcação do território (xixi fora do lugar).
  • Evita a agressividade motivada por excitação sexual constante.
  • Evita tumores testiculares.
  • Evita o aumento do número de animais de rua.
  • Evita a perpetuação de doenças geneticamente transmissíveis como epilepsia, displasia coxofemoral, catarata juvenil, etc.. (em animais que tiveram o diagnóstico dessas e outras doenças